Rota 2030 oferece incentivo a montadoras que investirem em prol da eficiência energética

Prestes a entrar em vigor, o programa Rota 2030 vai gerar diversos benefícios para as montadoras que alcançarem metas de eficiência energética e fizerem investimentos em pesquisa e desenvolvimento.

A previsão é de abatimento no Imposto de Renda devido ou na Contribuição Social sobre o Lucro Líquido de 10% a 12% do valor investido pelas empresas em pesquisa e desenvolvimento.

Para ter direito aos incentivos, as montadoras terão de aderir aos termos do Rota 2030. A validade do programa será de 15 anos, com revisões a cada cinco.

Para veículos equipados com motores flex, há previsão de redução de até 3 pontos percentuais da alíquota do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) incidente. Já para os demais veículos o estabelecido foi um teto de 2 pontos percentuais de redução.

Os veículos elétricos e híbridos também serão beneficiados com a Rota 2030. Eles terão isenção de IPI e do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) no financiamento ligado à compra por parte de taxistas. De acordo com cálculos da Secretaria da Fazenda, a renúncia fiscal pode chegar a R$ 2,1 bilhões.

A Medida Provisória 843, que trata sobre o assunto, foi aprovada pelo Senador federal na última terça (20). A MP já havia sido aprovada pelos senadores em 8 de novembro. Entretanto, o texto teve de ser novamente analisado. Isso se deu em razão de um "erro formal", de acordo com o presidente da Casa, senador Eunício Oliveira (MDB-CE).

Para ter direito aos incentivos, as montadoras terão de aderir aos termos do Rota 2030. A validade do programa será de 15 anos, com revisões a cada cinco.

O novo regime tributário automotivo substituirá o Inovar Auto, que perdeu validade no início de 2017. Agora o texto vai para sanção presidencial. Em seguida, será publicado no Diário Oficial para entrar em vigor.

Normas colaboram para o Rota 2030

As normas de Gestão de Energia, Segurança da Informação e Gestão da Qualidade Automotiva – IATF 16949 são excelentes ferramentas na transformação da Indústria Automotiva.

Em tempos de transformação, a Indústria Automotiva investe grandes esforços em pesquisas e novas tecnologias. Tudo isso visando obter um veículo que gere o menor impacto ambiental possível e também seja o mais eficiente energeticamente.

Frente a estes enormes desafios, muitas empresas estão buscando o apoio e as melhores práticas de gestão, além das certificações.

Gestão de Energia – ISO 50001

A ISO 50001 é uma ferramenta estratégica que ajuda empresas de todos os tamanhos e segmentos a utilizar de forma mais eficiente e eficaz todas as suas fontes de energia. A sua utilidade vai além de ser uma estrutura para gerenciar o desempenho energético da sua empresa e conhecer a fundo os custos das fontes de energia utilizadas.

A norma tem foco na redução do impacto ambiental e das emissões de gases. O assunto é tão relevante na atualidade que integra os objetivos de Desenvolvimento Sustentável na “Agenda 2030” da ONU.

Saiba mais sobre essa norma em nosso site: https://dqs.com.br/blog/iso-50001-recebe-impulso-com-revisao/

Gestão da Qualidade Automotiva – IATF 16949

A IATF 16949 é o padrão internacional para sistemas de gestão da qualidade na indústria automotiva. Ela tem, entre os seus objetivos principais, proporcionar a melhoria contínua, enfatizar a prevenção de defeitos, promover a redução de variação e desperdício na cadeia de fornecimento, além de ter um foco muito forte do cliente.

Saiba mais sobre a IATF 16949: https://dqs.com.br/certificacoes/gestao-da-qualidade/industria-automotiva/iatf16949/

Gestão de Segurança da Informação – ISO/IEC 27001

A ISO/IEC 27001 é a norma utilizada como referência internacional para a Gestão da Segurança da Informação. A norma traz para as empresas a adoção de um conjunto de requisitos, provê metodologia, processos, controles, monitoramento com o objetivo de proteger a confidencialidade, integridade e a disponibilidade da informação. E, além disso, permite mitigar e gerir de forma adequada os riscos da organização em termos de segurança da informação, um ativo muito importante para qualquer empresa.

Através da certificação na norma ISO/IEC 27001, muitas empresas demonstram para os seus clientes, fornecedores e para o mercado um nível de segurança adequado no que tange a segurança da informação.

Saiba mais sobre a ISO/IEC 27001: https://dqs.com.br/certificacoes/gerenciamento-de-riscos/iso-27001/

Comments are closed.